23/09/2016

Gênio Indomável (1997) | Um filme sobre a vida

| |

Gênio Indomável: Sean e Will

Drama - 127min - Possui na grade da Netflix

Contando com um elenco incrível formado por Robin Williams, Matt Damon e Ben Affleck, sendo estes dois últimos os que escreveram o roteiro, Gênio Indomável recebeu dois Oscars, um de melhor roteiro original e de melhor ator coadjuvante com Williams. Então a pinguim já deixa dito que isso não é a toa e nesse post você descobre porquê.

Vi duas vezes esse filme, na primeira por indicação e na segunda para fazer essa resenha e devo dizer que chorei nas duas vezes. Então, se assim como eu você tem essa leve tendência a morrer chorando, prepara o lenço quando for assistir porque o choro é garantido. Vamos ao que interessa!

A primeira vista o filme pode parecer simples, mas não é a toa que ganhou as premiações, "Gênio indomável" revela ser profundo e traz muito mais do que podemos ver no primeiro contato. Há reflexões complexas que são expressas de forma sutil enquanto a história vai acontecendo. Por isso, é preciso estar perceptivo e atento ao que o filme quer dizer.

Gênio Indomável: Will e amigos

Ao longo do filme vamos tendo contato com várias coisas importantes e conhecendo pouco a pouco os personagens, já vale aqui dizer que estes são muito bem escritos - assim como o roteiro -, todos possuem peso emocional e são super bem desenvolvidos. Quanto você menos espera está sofrendo com e por eles, além de que se pega torcendo para o bem de cada um. Os personagens te ganham tanto que parece que são teus amigos, constantemente você sente-se como se estive vivendo com eles; é a incrível construção de cada personagem que nos permite isso. Pinguim não pode deixar de dar os devidos créditos a trilha sonora, pois ela contribui em tudo para o impacto que a trama quer trazer.

Como podemos perceber, Will Hunting é o nosso protagonista, porém não é o único, cada personagem, de certa, tem seu foco dentro do enredo, mas enfim a história se desenvolve em torno de sua vida. Ele é um gênio, isso é inquestionável, mas também possui seus próprios demônios - sentido figurado da palavra - que se apresentam na forma de problemas psicológicos e comportamentais. Particularmente, acho incrível isso, nos mostra o quanto a genialidade não precisa ser algo distante e que quem a possui é super bem resolvido na vida, pelo contrário nos mostra o quão difícil é superar problemas psicológicos e o tanto que ele afeta a vida de quem os possui.

Tem uma cena - que não descreverei para não dar spoilers - em que achei muito interessante um certo debate que Will teve com um aluno de Harvard, nessa situação podemos ver que mesmo não cursando uma faculdade, ele conseguiu mostrar maior domínio sobre os assuntos do que o aluno, ele estuda por si mesmo. Tudo bem que ele tem uma super inteligência, mas mesmo assim conseguimos retirar reflexões disso, acredito que o acontecimento nos mostra que se achar superior aos outros por estar cursando uma faculdade é ridículo, isso não faz a pessoa ser mais inteligente do que a outra. Vejo nessa mesma cena até uma certa crítica ao modo de ensino, pois todo o discurso do aluno de Harvard foi bem superficial, como uma decoreba de trechos de livros, e com as coisas que Will falou percebemos a diferença, ele analisa as informações estudadas de forma mais crítica. Então, o que aprendemos é que é preciso não apenas reproduzir fielmente aquilo que se estuda, mas analisar e usar de embasamento para criar seus próprios pensamentos, nos mostra o valor do pensamento crítico.

Gênio Indomável: Importância da terapia
Uma das coisas que mais gostei no filme é que mostra a importância da terapia e das relações entre as pessoas, além de levantar a questão da resistência que muitos possuem por procurar ajuda psicológica (eu por exemplo já tive um conceito errado sobre, ainda bem que hoje enxergo de uma forma diferente). Portanto, a figura que merece destaque por fazer com que essas coisas se sobressaiam através da história é Sean, um ótimo psicólogo que conseguiu baixar as defesas de Will e o ajudar.  Ambos se tornam mais que paciente e doutor, vemos nascer ali uma amizade, sendo essa super importante não apenas para Will, mas também para Sean e isso é incrível, pois as relações que temos podem modificar nossa vida e nós mesmos tanto pra melhor quanto pra pior. Com o desenrolar das sessões, podemos notar a construção e desenvolvimento progressivo de Will, isso não é de imediato, vai acontecendo aos poucos. 

A pinguim queria tanto trazer algumas falas do filme, mas acontece que são todas muito sensacionais (principalmente as que são entre Sean e Will), e aí eu teria que escrever todo filme aqui. Mas, sabe o que é mais legal? Os diálogos entre os dois podem ser aplicados em nossa vida, podemos usar diariamente como filosofia de vida. Alias, o filme é, de certa forma, filosófico!

Gênio Indomável: Importância dos relacionamentos


Enfim, Will é uma pessoa que passou por muita coisa; vendo a trajetória dele, você fica querendo que ele não tivesse que passar por nada daquilo e fica orgulhoso (a) no final com a evolução dele. É bastante emocionante, vai te render algumas lágrimas, mas vale a pena essas duas horas assistindo. Posso garantir que vai te fazer refletir muito e até mesmo alterar a sua forma de enxergar as coisas. Além de que a experiência de sentir a profundidade desse drama excepcional. Então, "Gênio indomável" é profundo e literalmente muito inspirador. É um filme sobre perda, medo, problemas psicológicos, desafios, adversidades, amor, amizade e muito acima disso é um filme sobre a vida. Possui uma complexidade, mas também é apresentado com uma simplicidade encantadora. Tem uma profundidade que mexe com a nossa alma. 

Notinha da pinguim: fiquei com muito medo de escrever essa resenha, confesso, porque talvez eu não consiga passar toda a proporção e sentimento que o filme tem, pois isso seria reduzi-lo. Sendo assim, é importante que vocês assistam e passem a conhecer a grandeza dele por si só. A arte precisa ser sentida e esse filme não deixa de ser uma.

Vamos a nota? Não poderia ser menos que 5 pipoquinhas:

  (5 de 5)

Confira também a nota do IMDb:

Good Will Hunting (1997) on IMDb

Se você gostou desse filme, certeza que vai se interessar por esse: Sociedade dos poetas mortos | o poder que vem da arte

Não esquece de me seguir no twitter (@pinguimtagarela). 
Até a próxima tagarelice!

26 comentários:

  1. a netflix sempre nos apresenta os melhores filmes né <3
    eu já curti pela sua resenha (parabéns pelos 'não' spoilers <3)
    tem atores que adoro, e não é um filme fútil o que é melhor ainda, vou ver com certeza. beijos

    Blog Entre Ver e Viver

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Netflix é puro arraso <3

      Muito obrigada, eu acho os atores maravilhosos.
      Ebaa, obrigada por aceitar a indicação, yaay!

      Beijoss

      Excluir
  2. Nossa olha como eles estavam novinhos! Nunca assisti este filme, mas achei bacana essa coisa dele apesar de não cursar a faculdade "saber mais", isso acontece com a minha avó também que cursou apenas até a 4 serie e sabe falar sobre tudo, usa palavras difíceis no vocabulário, não perde em nada pra quem passou anos estudando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A cara da juventude eles hahaha

      É uma das coisas impressionantes no filme, ele possui vários. Acho que conhecimento não está atrelado a apenas uma forma de aprendizagem, isso limita muito a inteligencia das pessoas.

      Que demais, a sua vó é um baita exemplo!
      Beijoss

      Excluir
  3. Esse filme é sensacional! Acho que um dos melhores do Robin Willians inclusive. Realmente nos traz essa reflexão de como as conversas e terapia são importantes pro desenvolvimento pessoal :) Ótima resenha!
    Abraço! :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simm, o Robin faz cada filme sensacional, né?
      Acho super importante a terapia e desenvolvimento pessoal, fiquei feliz do filme abordar essas questões <3

      Muito obrigada,
      Beijoss

      Excluir
  4. Tem muito tempo que eu vi esse filme e lembro que gostei muito quando assisti! Sua resenha deu vontade de rever, vou aproveitar que tem na Netflix! Realmente o tema trabalhado no filme é muito bom e feito de maneira super cativante. Excelente resenha sem spoilers!!! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilhoso ler isso <3

      O filme nos consquista nesses quesitos, né?
      Muito obrigada.

      Beijosss

      Excluir
  5. Não me deixa com mais vontade de ver filmes!!! A lista já está enorme e a faculdade não me deixa!!! Vou assistir quando eu tiver um tempinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHA sou má! Foca na faculdade, como ela consome tempo, né?
      Assim que possível veja, vale super a pena.

      Beijosss

      Excluir
  6. Amei o filme irei correndo assistir haha!

    ResponderExcluir
  7. Netflix é vida. Adorei sua resenha, me deixou com "a pulga atrás da orelha" para assistir ao filme. Gosto muito de filmes que nos fazem refletir sobre a vida. Obrigada pela indicação! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que seria de nós sem Netflix, não é mesmo?

      Coisa boa, adoro quando indico coisas e ficam curiosas hahah
      Amo também, costumam ser meus filmes preferidos.

      Eu que agradeço pelo comentário.
      Beijosss

      Excluir
  8. Eu ainda não vi esse filme,mas pelo que você falou parece ser bem profundo,como sei que sou chorona,vou deixar o lençol do lado,concordo na parte que ninguém deve se sentir superior ao outro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando assistir faça isso mesmo, porque o choro é garantido ahhaha
      Muito ruim quando as pessoas se sentem ou se portem como superior aos outros, né?

      Beijos

      Excluir
  9. Eu tenho um amor bem grande pelos filmes, e pelos papéis, do Robin ♥ Todos têm aquela coisa que nos faz refletir, pensar na vida, nos momentos. Gosto bastante de filmes que trazem questões psicológicas também, é como se fosse uma terapia interativa que te faz sair diferente de quando entrou, ou, no caso, de quando começou rs. Ainda não consegui parar para ver, mas quero muito assistir ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos duasss, descobri que amo também <3
      Não tem um filme dele que não seja sensacional e traga todas essas coisas que você citou, que eu acho que são as melhores coisas em filmes.

      Simm, impossível ver esse filme e não se sentir diferente haha
      Ebaa, certeza que você vai gostar <3

      Excluir
  10. Quando fala em Robin Williams já sei que o filme é ótimo ♡ Que resenha maravilhosa! Eu já tinha ouvido falar nesse filme mas nunca o assisti, mas agora tenho que ver logo hahaha. Amo ver filmes que nos fazem pensar, refletir sobre a vida, e no meu caso, até chorar rsrs.
    Beijos! <3
    Meus Piores Pensamentos

    ResponderExcluir
  11. Olá Diovana, tudo bem?
    Sua resenha está maravilhosa! ♥ Já ouvi muitas pessoas falarem sobre este filme, porém, eu mesma nunca assisti. #fail Ao ler cada trecho do que você escreveu, fiquei muito curiosa para conhecer a história do filme. Farei isso o quanto antes. :)
    Beijos :*

    http://midnight-skies.com

    ResponderExcluir
  12. Já tinha ouvido falar desse filme, mas nunca parei para assistir. A ressenha foi tão boa que me fez ficar curiosa para ver. Vou colocar ele agora na minha lista de favoritos para assistir essa semana ainda.
    Um beijo!

    www.nannamais.com

    ResponderExcluir
  13. Só queria dizer que NETFLIX e vida <3 fica passada com a quantidade de dicas de filmes que podemos encontrar nele , o melhor que é um melhor que o outro .. nunca ouvir falar desse filme mas parece ser ótimo ...
    vou procurar pra assistir com o boy.

    ResponderExcluir
  14. Não assisti esse filme ainda, parece ser bem legal, vou ver no final de semana. :)
    Tenho medo de fazer resenhas e sair tudo errado. A tua é muito boa, gostei!
    Beijos
    Mundo de Nati

    ResponderExcluir
  15. Acho super bacana filmes com reflexões, mas o ruim disso é que a maioria deles são dramas e eu corro de filmes que me fazem chorar.
    Achei sua resenha super bem escrita.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá! Imagino o quanto deve ser difícil fazer uma resenha ou um post e não ter spoilers. Quando vou comentar sobre algo que gosto muito quando percebo já contei alguns trechos rs Mas você conseguiu nos mostrar o quanto vale a pena assisti-lo. Este filme tem os dois atores que mais admiro a bastante tempo Ben Affleck e o Matt Damon, eles são incríveis. Fiquei animada para ver novamente. Beijos, Érika *-*

    ResponderExcluir
  17. Apesar de não ser um filme novo, eu ainda não o conhecia. Acredito que eu tenha ouvido o título dele antes, mas não lembro de ter me deparado com a história em algum momento. Na verdade, acho que se eu tivesse conhecido um pouco da história, já teria assistido há um bom tempo.

    Gostei da proposta do filme, com personagens que parecem complexos e importantes para o desenrolar da trama, com uma mensagem real e reflexiva. Adorei mesmo. Vou tentar assistir no final de semana!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.