07/11/2015

Trilogia de cinco, uma incrível viagem pela galáxia

| |


Para aqueles que são amantes da leitura e não perdem uma aventura, apertem o cinto e venham comigo para uma viagem pela galáxia acompanhada pelo Guia do mochileiro das galaxias, mas é claro não esqueçam da toalha e não entrem em pânico. Vamos lá?


"Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. Que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da "alta cultura" e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar." (Sinopse do primeiro livro, apenas para se ter uma ideia geral).


Não é a toa que consideram essa saga, ou melhor, trilogia de cinco um clássico da ficção científica. Pois, contém todos os elementos necessários, sem contar que é uma obra incrível. Tanto os livros, quanto o Douglas Adams são gênios sem sombras de dúvida. O guia do mochileiro das galáxias é daqueles livros que acrescentam na nossa vida, ao mesmo tempo em que entretêm. É praticamente impossível em meio a leitura você não se pegar pensando e comparando com coisas da vida real. Para um definição exata, o livro é de alta inteligência.


É repleto de críticas, de todos os tipos, desde a sociedade, passando por política até mesmo sobre as religiões no geral. Mas, o melhor de tudo é de uma escrita cômica, por vezes engraçada e inúmeras vezes divertida. É tão bem inserida dentro do contexto que não fica maçante ou chato. É exatamente o oposto. E por esse fator, o Douglas é um gênio.


Outra coisa sensacional: existe uma percepção da vida, em detalhes que muitas vezes deixamos passar e que quando lemos torna-se claro. E ele, escreve naturalmente a respeito disso. Mas, sem deixar de ser uma ficção, de contar uma história. Possui incrível narrativa e maneira de escrever espetacular. Uma obra que todos deveriam ter o prazer de ler uma vez na vida. Por meio das falas é bem transmitido os sentimentos, emoções ou reações de cada personagem, provando mais uma vez o quanto que Adams sabe além de escrever, descrever muito bem e de jeito único, com ideias criativas carregadas de emoções.


O que senti ao ler foi uma empolgação imensa, foi como descobrir a vida, o universo e tudo mais. Como entrar dentro da história, realmente, e viver as aventuras com eles. Definitivamente é o universo e a vida de uma forma que você nunca viu, ou percebeu. O autor tem essa capacidade de explicar coisas sobre o universo (no geral) de uma forma que possamos compreender e desenvolve teorias sobre o mesmo de maneira fantástica as quais poderiam facilmente ser a realidade. 

Os personagens são cativantes, diferentes e bem desenvolvidos. Acontece cada coisa na história que de fato é uma viagem. E é uma viagem louca pelo nosso mundo, universo com aventuras que desafiam nossa imaginação, mas que faz refletir (e deve-se estar atento para captar), e como um bônus estimula nossa criatividade. É uma loucura que faz sentido, podemos facilmente trazer elementos do livro para nossas vidas. E não importa o quão fantasioso seja, é uma ficção científica que possui partes não ficcionais. Mesclar o imaginário com a realidade, é uma das coisas que mais gosto.


Eu queria um final diferente, mas gostei da finalização. Pois, o desfecho encaixa com várias cosias na história.  Posso afirmar que Douglas Adams e a trilogia de cinco acabam de ganhar mais uma fã, por sua genialidade, criatividade e imensa habilidade em tornar críticas em histórias incríveis de serem lidas.

Já ia me esquecendo: quantos pinguins será que a saga ganhou? 
Já adivinharam? Isso mesmo, cinco.

(5 de 5 pinguins)
Em off: 

* OMG, os nomes são de tão criativos, diferentes. E vale comentar que as capas são lindas, né? 
* Uma curiosidade: Douglas foi roteirista de três episódios de Doctor Who. 
* Ah, impossível não gostar do marvin já vou avisando <3
* E possui um filme de mesmo nome do primeiro livro, não vi ainda e quem sabe resenho o filme também.


Até a próxima tagarelice, e obrigada pelos peixes. 
Pinguins mochileiros <3

8 comentários:

  1. Simplesmente a m e i !!!! amei a dicaaaaa quero leeeer, não posso esquecer de colocar na lista kk socorro <3

    Obrigada pelo post bjinhos

    www.blogentresembater.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, muito bommm <3 Não esquece também de me dizer o que achou quando ler, pinguim curiosa aqui hahaha.

      Beijos

      Excluir
  2. Confesso que eu achava que era um livro parecido com Diário de um Banana (por que eu achava isso? Bom...não sei kkk sou meio doida) e na verdade nunca li nenhum dos dois para achar alguma coisa.
    Eu realmente gostei da resenha, você falou a sua opinião com clareza e as fotos ficaram lindas! Bateu até uma curiosidade de ler os livros, mas existem tantos na minha lista de "livros pra ler" que eu acho que só vai ter vaga quando eu fechar a casa dos 30 kkk
    Devaneios Adocicados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA, eu nunca li Diário de um banana, mas parece ser legal. Muito obrigada mesmo, tive um trabalhinho para conseguir fazer as fotos. Mas, valeu a pena. Contente que você gostou! Sei como é, minha lista só cresce mais e mais <3

      Beijosss

      Excluir
  3. Sempre escutei falar deste livro, mas ou s pessoas falavam que ele era bem nerd e conceitual, ou me falavam que era pra refletir sobre a vida. Acabei achando que o livro devia ser muito chato, mega intelectual, e que era aquele tipo de leitura que te deixa mais depressivo do que empolgado, sabe?

    Acho que a sua resenha foi a melhor em juntar estes dois lados! Pelo que entendi, ela tem estes elementos, mas eles são meio que pano de fundo para uma história de ficção bem divertida!

    Gostei bastante da resenha!

    Um beijo!
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, a história é uma loucura só, mega divertida mas também intelectual. Muito obrigada, espero que a resenha tenha despertado teu interesse de alguma forma hahhaha

      Fico feliz por ter gostado <3
      Beijosss

      Excluir
  4. Olááá
    Nossa, eu quero muitooo comprar essa trilogia, cada vez que leio uma resenha sobre ela fico mais curiosa e ansiosa, amei a sua resenha e me deixou ainda mais animada para finalemente adquirir os livros e embarcar nesta viagem! ^^
    Bjoos

    Jovem Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaa, moça!

      Muito obrigada, fico super feliz. Vale muito a pena, é uma ótima viagem <3
      Missão cumprida, uhuul!
      Quero saber o que você achou quando você ler, okay?

      Beijoss

      Excluir

Tecnologia do Blogger.