17/08/2017

Orphan Black | É difícil dizer adeus

| | 2 comentários:


AVISO: Obviamente contém spoilers.

Orphan Black chegou ao fim, ao longo de suas 5 temporadas aprendemos tanto, evoluímos mais ainda e até, de certo modo, crescemos junto com as personagens. É hora de dar adeus a uma das séries mais incrível que conhecemos e isso não é uma tarefa nem um pouco fácil.

Entendo a decisão dos criadores de finalizar a série, mesmo querendo que tivesse mais temporadas, inclusive já era algo que eles já haviam pensado quando começaram Orphan Black, acho importante tal decisão porque a fim de prolongar as temporadas para dar continuidade a série, poderia muito bem se perder a essência da história, poderia acabar sendo muita enrolação, só para encher linguiça, sabe? Fico até bem feliz com a forma que escolheram terminar, pois teve todas as coisas das quais precisávamos, nós e nossas queridas clones. Mas, claro, fico super triste de ver uma das minhas séries favoritas encerrar seu ciclo, ninguém é de ferro, muito menos a Pinguim.

Nessas horas, somos pegos pela nostalgia, não é mesmo? E fiquei relembrando meu primeiro contato com as clones, descobri Orphan Black de forma bem aleatória, enquanto passava os canais da tv, me deparei com o nome da série e lembrei que já tinha ouvido falar do nome dela, mas como estava em um episódio avançado, resolvi não parar para assistir e ver do começo direitinho. Passou-se o tempo e decidi em um final de semana qualquer começar a ver o piloto, eu só sei que devorei as duas primeiras temporadas - eram as únicas que tinham, já que a terceira estava sendo gravada - em dois dias. Esse é o nível de quão boa OB (apenas fãs podem chamar assim, brincadeirinha) é. Começa com um episódio e quando percebe já terminou a temporada, até porque dez episódios são rapidinhos e com uma história cheia de suspense que te faz querer descobrir o que tá acontecendo, isso a torna a série mais rápida da vida.

09/08/2017

The OA | A narrativa que instiga curiosidade

| | 7 comentários:



A Netflix possui muitos materiais originais incríveis de bons, não é mesmo? E The OA é um deles, com certeza. A série possui poucos episódios, ao total são oito, e cada um com uma média de uma hora de duração. É daquelas perfeitas para maratonar, em um final de semana vai ligeirinho. Fica aí a dica aos seriadores de plantão. 

Os criadores Brit Marling (também interpreta Prairie, a personagem principal) e Zal Batmanglij (Diretor da série) propõem uma história que mistura ficção cientifica com elementos sobrenaturais. A premissa, devemos dizer, é bem diferente e percebemos isso ao longo do desenvolvimento da trama. 

Para entender melhor do que estou falando, confira a sinopse e o trailer: 

Mas antes recomendo, que se você quiser maior surpresa sobre a história, não leia a sinopse ou veja o trailer. Quando assisti não sabia nada a respeito e logo no piloto fiquei impressionada com um plot twist que ele possui. No entanto, se você for curioso (a) demais e não consegue se conter, siga por sua conta e risco, certo?

22/07/2017

O sol é para todos | Sob a perspectiva de uma criança, refletimos sobre o racismo

| | 12 comentários:


Ganhador do prêmio Pulitzer de ficção em 1961 e escolhido pelo Library Journal como o melhor romance do século XX, O sol é para todos - em inglês To Kill a Mockingbird - possui 364 páginas divididas em duas partes e cada uma delas aborda um aspecto da história. Além do Pulitzer, a obra teve uma adaptação cinematográfica ganhadora do Oscar de melhor roteiro adaptado em 1962.

Antes de sabermos qual parte aborda o que, melhor darmos uma conferida básica na sinopse para já ficar dentro do que se trata o livro:
"Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça. O sol é para todos, com seu texto forte, melodramático, sutil, cômico (The New Yorker) se tornou um clássico para todas as idades e gerações."
Ah, antes que eu me esqueça, não preciso nem dizer o quão linda é essa capa, né? E aproveitando para evidenciar que a diagramação do livro está maravilhosa, parabéns a Editora José Olympio!

20/06/2017

A Grande Muralha | Um olhar rápido sobre a Cultura Chinesa

| | 2 comentários:



"A grande muralha" estreou dia 23/02 no Brasil e eu tive a oportunidade de assistir três dias antes de seu lançamento, mas só agora consegui liberar essa resenha (por alguns motivos particulares), então trago para vocês minha visão a respeito do mesmo.

Em coprodução com a China, o filme americano tem por diretor Zhang Yimou - que em sua carreira conta com algumas obras indicadas ao Oscar, uma delas, inclusive, nomeada devido a sua fotografia (O clã das adagas voadoras)

O longa, antes de tudo, é uma história de aventura/fantasia, digo isso, pois devido ao título podemos ter a ideia de que o filme irá retratar a construção da muralha ou pensar que será sobre uma ótica mais histórica, porém, a premissa é um tanto quanto diferente disso, a história da qual o filme quer contar terá como fonte o Folclore Chinês, que diz que a grande muralha foi construída para barrar a entrada de forças malignas, no longa a representação disso são criaturas conhecidas como Tao Tei. É extremamente importante a representação dos mitos e lendas de outras culturas, ainda mais quando se trata de um País Oriental, pois não estamos familiarizados e muitas vezes temos pouco conhecimento a respeito de suas culturas e tradições. 

16/02/2017

[Review] Sense8 | Especial de Natal: A perfeita combinação de questões sérias, humor e momentos emocionantes

| | 3 comentários:

Os sensates em seu aniversário

Antes de tudo, a Pinguim vai te dar uma dica preciosa, lá vai: pule a abertura, é maior que a vida, sem mentira nenhuma são dois minutos de abertura, me agradeça depois!

Sense8 é uma série sensacional por n motivos e alguns vários deles serão descritos nessa review do episódio de Natal, atualmente a série tem uma primeira temporada disponível para os assinantes da Netflix, uma vez que faz parte do catálogo original da mesma, e uma segunda está em curso com data prevista para 5 de Abril desse ano. Vamos conferir a sinopse do que se trata Sense8?

14/12/2016

Rogue One | As informações mais relevantes sobre o filme

| | 5 comentários:



"Rogue One: Uma história Star Wars" está chegando, estreia dia 15 de Dezembro, então decidi reunir as informações mais importantes para que você possa ficar por dentro de tudo desse universo. Quem mais está ansiosa (o)? A pinguim não se aguenta de tanta ansiedade!

Antes de começarmos a falar dos personagens, precisamos saber algumas coisinhas, como, por exemplo, a história vai se passar entre o "Episódio III: A vingança dos Sith" e "Episódio IV: Uma nova esperança", uma vez que vai abordar o roubo dos planos da Estrela da Morte. Outra coisa é que segundo o site Making Star Wars o filme terá 133min. (2h13min.), o que é a duração média dos outros filmes da saga. Vale lembrar que "Rogue One" é um spin-off, ou seja, é derivado da saga principal. A direção é de Gareth Edwards (Godzilla).

23/11/2016

A chegada (2016) | Questões humanas são muito bem construídas no longa

| | 6 comentários:

"A chegada" ou "Arrival"
"Arrival" - Ficção científica - 116min

Tagarelas, temos novidades por aqui, fui a pré-estreia de "A chegada" - em inglês "Arrival" - e trago neste post tudo a respeito do filme. Assim, vocês poderão saber se vale ou não a pena assistir, a próposito o longa chega às telonas amanhã (dia 24 de Novembro). Então, vem comigo, conferir a sinopse e o trailer:




Eu não tinha lá grandes expectativas para o filme, não estava bem por dentro de como seria, mas confesso que o trailer me instigou bastante - inclusive, vi o trailer enquanto estava em outra sessão: animais fantásticos e onde habitam, que pretendo trazer resenha, em breve, também -, costumo gostar de ficção científica (como vocês já devem ter percebido), então a vontade surgiu com o trailer. Posso já adiantar que me surpreendeu, se eu tivesse criado expectativa era certo que ela teria sido não só atendida como extrapolada, de jeito nenhum imaginária os acontecimentos que estariam por vir em "A chegada".





Tecnologia do Blogger.